Resumo Internacional: O mundo do Squash em 99

O MUNDO DO SQUASH EM 99


O ano de 1999 revelou novos campeões mundiais no squash, tanto individualmente, com por equipes. O escocês Peter Nicol conseguiu seu primeiro título mundial (ele que foi vice em 97 e 98) ao vencer o egípcio Ahmed Barada por 3 X 0 na final do World Open realizado em Cairo, Egito. No Campeonato Mundial por Equipes Masculinas, o título foi para o Egito, ficando o País de Gales em segundo lugar. Surpresa ao não encontrarmos os tradicionais países como Inglaterra, Austrália e Paquistão! Entre as mulheres, a inglesa Cassie Campion tornou campeã mundial ao derrotar a australiana Michele Martin, também por 3 X 0, em Seatle, USA. Entre as juvenis, o título individual ficou com Nilo David, da Malásia, país também do Campeão Mundial Juvenil, Ong Beng Hee,. Por equipes, vitória das meninas do Egito.

Além dos campeonatos mundiais, vale destacar o mais charmoso torneio do Circuito Mundial: o British Open, realizado em Aberdeen, Escócia. Mesmo jogando em sua "casa", o campeão mundial Peter Nicol não resistiu ao incrível canadense Jonathon Power abandonando o jogo após perder o primeiro game, quando começou a sofrer séria crise gástrica. Power, campeão mundial em 1998, fecha o ano com esse valioso título e garantindo o topo do Ranking Mundial. Leilane Joyce, da Nova Zelândia, venceu o British Open de forma surpreendente e extraordinária, colocando seu país mais uma vez em destaque no squash feminino, já que a maior jogadora de todos os tempos, Susan Devoy, é sua compatriota.

O equilíbrio foi incrível durante todo o ano. Nos três outros maiores eventos de 1999 tivemos campeões diferentes. Ahmed Barada venceu Jonathon Power no Heliópolis Open, no Egito. Simon Parke foi o campeão do US Open, ganhando de Power na semi e de Peter Nicol na final.

O Pakistan Open reuniu na fina Peter Marshall, ex nº 2 do mundo, e o sobrinho do grande Jansher Khan, Amjad Khan. Marshall, responsável pelo maior retorno de um jogador ao Circuito Profissional de todos os tempos, levou a melhor e já está entre os Top 20 após chegar às quartas-de-final do British Open. Para o ano 2000, temos garantia de muita competitividade, com cerca de 8 jogadores com reais chances de chegar ao topo do squash mundial. Além dos nomes citados acima, incluímos o jovem egípcio Amir Shabana e o australiano Paul Price que ganhou três torneios seguidos nos USA, ocupando agora a oitava posição no Ranking Mundial.

O squash alcançou maior popularidade em nosso país, este ano, graças aos Jogos Pan-americanos de Winnipeg / Canadá onde o Brasil conquistou a medalha de bronze individual com o Bi-campeão Brasileiro (97/98) e Campeão Sul-Americano Ronivaldo Conceição, além das medalhas por equipe: Prata / Masculina (derrotando a Argentina na semi-final !!!) e Bronze / Feminina. O Canadá "mandou" na competição conquistando todas as medalhas de ouro, destacando o campeão individual Graham Riding, atual 10º do Ranking Mundial.

 

anterior.gif (1826 bytes)
proxima.gif (1830 bytes)