Coluna do Galvão: Homenagem a um Mestre eZenplar

Homenagem a um Mestre eZenplar


Carlos Galvão

Quantas pessoas realmente marcam as nossas vidas ? Você já pensou nas oportunidades que perdemos por medo, desconhecimento e até preconceito de interagir com outras pessoas ? O tempo passa, a vida passa... mas os momentos dedicados ao convívio com seres especiais fazem a diferença entre uma simples existência ou uma gratificante jornada. Venho neste espaço expressar a minha sorte ( ou destino ?!) por ter a chance de conhecer, trabalhar e aprender com alguém que merece muito mais que esta singela homenagem que torno pública: Parabéns, Tariq Kamal ! Hoje, 9 de agosto de 2000, é seu aniversário e te presenteio dizendo que o considero não apenas um amigo, ou treinador, mas um mestre que compartilha sua sabedoria com todos que se iluminam a sua volta. Um homem exemplar... Por acreditar em seu poder, faço questão de contar a todos como sua presença marcou a minha vida e assim ajudar a abrir as portas para aqueles que buscam a superação.

Nosso 1º encontro ocorreu no Brasileirão de 97, em BH. Na ocasião, Ronivaldo Conceição, treinado por Tariq desde 1993, conquistou seu primeiro título de Campeão Brasileiro Profissional de Squash, expondo ainda mais a qualidade de seu treinamento. Além de Roni, o Tariq Squash Team também obteve êxito nas categorias amadoras, chamando atenção pelo espírito de equipe, pelas análises em grupo, estatísticas, filmagens dos jogos e estratégias/preparação antes e durante as partidas. Era algo novo, diferente e vencedor que estávamos acompanhando. Quando perguntado sobre como Roni havia treinado para esse evento, Tariq expôs sua visão sobre aprendizado. " Uma faculdade leva 4/5 anos para concluir. Assim foi com

Roni, que está há 4 anos comigo num trabalho de longo prazo e com várias etapas de treinamento. Não se ganha um torneio da noite para o dia. É como se ele estivesse se formando e agora temos que pensar na pós-graduação, no mestrado e assim por diante, sempre buscando um upgrade para desenvolver seu potencial e subir para outros níveis." Fiquei perplexo e curioso em saber mais sobre sua filosofia de trabalho. Foi o primeiro estalo !

"Melhoria constante e contínua /Kaizen", "aprender a aprender" e "ter o mundo como sala de aula" são algumas de suas premissas de vida. O sucesso de Tariq é fruto de sua história em busca de desenvolvimento e conhecimento, aspectos valiosos dentro da filosofia Zen Budista que ele segue. Paquistanês, porém cidadão do mundo por direito, formado em Geologia, mestrado em Sociologia e doutorado em Antropologia, Tariq é um profundo conhecedor e estudioso de squash. A experiência de mais de 20 eventos Super Series acompanhados ao vivo, conversando, treinando e aprendendo com as maiores feras do esporte o credencia para realizar treinamento eficazes. Figura marcante, dotada de uma "insustentável leveza de ser" que não o impede de batalhar pelos seus ideais, ser empreendedor e guerreiro. Assim ele fez com Roni, comigo, com seu projeto da Academia, enfim, com sua vida...

Em dezembro de 98, no 1º evento do Circuito Wilson Charlex Tariq Squash 1999, criado por Tariq e que premiou R$100.000 ano passado, fui convidado a fazer parte de sua equipe. Eu era tão descrente do meu potencial que não entendi porque ele me escolheu, já que havia melhores atletas por lá.