Torneios: I Centro Paulista Beach Open de Squash

I CENTRO PAULISTA BEACH OPEN DE SQUASH

"TEMPORADA 2000 COMEÇA EM GRANDE ESTILO"


Dando as "raquetadas" iniciais da temporada 2000, o I Centro Paulista Beach Open de Squash, primeiro evento do ano válido para o Circuito Wilson Charlex Tariq Squash, reuniu mais de 80 participantes nas categorias amadoras e os 8 principais profissionais do país num sistema Top 8 ( duas chaves com quatro atletas jogando todos contra todos em busca de vagas na final e na disputa de 3º lugar ). Marcando a inauguração das duas novas ( e belas ! ) quadras do Centro Paulista, o evento agitou o fim de semana de 18 a 20 de fevereiro, reunindo, após merecidas férias, a nata do squash amador e profissional.

A chave profissional contou com os 5 primeiros do Ranking, dois jogadores vitoriosos do Qualyfing e mais um Wild Card ( para Aires Vieira, organizador do evento e proprietário do Centro Paulista ). A primeira rodada teve ponto forte com o confronto entre Aires Vieira e Carlos Galvão, único jogo dos profissionais que foi para o quinto game, Aires e Galvão travarão belíssimas disputas e empolgaram o público presente ( grande maioria incentivando a "prata" da casa, Aires ). No final, 15 x 8 para Carlos Galvão. A segunda rodada confirmou o favoritismo dos quatro cabeças-de-chave. Agora, era hora da terceira rodada apontar os finalistas. Ronivaldo Conceição, nº 58 no Ranking Mundial, avançou para a final ao derrotar Júlio Caseiro por 3 x 0, mesmo placar do outro jogo vencido pelo campeão brasileiro Rafael Alarcon sobre Carlos Galvão.

As decisões foram realizadas na casa de praia do empresário Haroldo Cardia , patroci-nador do evento, no Guarujá, na manhã de domingo. Os atletas foram recepcionados com

muita hospitalidade e apreço, contando com café da manhã e almoço de confraterni-zação, além de toda bela estrutura posta à disposição desse evento de iniciativa inédita.

No primeiro jogo, a disputa do 3º lugar, vitória de Carlos Galvão, do Tariq Squash Fitness, sobre Júlio Caseiro, do Frisoni Squash, por 3 x 1. Com o resultado, Galvão deve subir 1 posição no Ranking, passando Thiago Cabral e assumindo a 4ª colocação. A final reuniu mais uma vez os protagonistas das principais finais em 1999: Roni ( Tariq Squash ) e Rafael ( Frisoni Squash ). O primeiro game foi vencido por Rafael, mas Roni soube reverter quando passou a deslocar seu adversário e aprofundar com muita precisão as suas bolas no fundo, assumindo o meio da quadra e forçando Rafael a se movimentar com maior gasto de energia. Final : Roni 3 x 1 (11/15, 15/10, 15/7, 15/7) e o primeiro campeão do ano de 2000, demonstrando que continua muito na frente dos outros, reforçando sua condição de 58º do ranking mundial.

Na 1ª classe amadora, um belíssimo jogo entre Jota Silva, da academia João Soares, de Campinas e Rubens Villella, do Centro Paulista. Jota mostrando maior repertório de jogadas, como drops precisos, jogadas de dois tempos e lobs surpresas, derrotou por 3 x 1 Rubens, assumindo o primeiro lugar no novo Ranking Amador 2000. A 2ª amadora foi vencida por Juliano Troyano, do Clube Ipê, filho do Campeão Sulamericano Senior Paulo Troyano. Juliano, que promete neste ano entrar firme nas competições, levou mais um troféu para a família ao derrotar Fábio Iacoponi, do Squash Indoors.

anterior.gif (1826 bytes)
proxima.gif (1830 bytes)